O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) editou Medida Provisória (MP) nesta sexta-feira abrindo crédito extraordinário no valor de 25,720 bilhões de reais em favor do Ministério da Cidadania para o programa de amparo aos beneficiários do auxílio emergencial no valor de 600 reais.

A MP, também assinada pelo ministro da Economia, Paulo Guedes, foi publicada no início da noite em edição extra do Diário Oficial da União (DOU).

O benefício, aprovado pelo Congresso Nacional e sancionado por Bolsonaro, é destinado a trabalhadores informais, autônomos e vulneráveis que estão em situação de vulnerabilidade em razão dos impactos econômicos advindos da pandemia do coronavírus.

Apesar de já estar em vigor, a MP precisa ser aprovada pelo Congresso para tornar-se lei.

(Por Gabriel Ponte)

Deixe seu comentário:

Postagem Anterior Próxima Postagem

Recomende e compartilhe para seus amigos no facebook