Sede da Natura: com as operações combinadas, a empresa terá 6,3 milhões de consultoras e mais de 3 500 lojas ao redor do mundo 
(Germano Lüders/EXAME)
Nesta quinta-feira, chega a São Paulo a romena Angela Cretu, apontada no início de janeiro como principal executiva global da Avon. Ela vai participar de uma série de visitas entre hoje e amanhã às operações brasileiras da Natura, nova controladora da multinacional.

A agenda integra uma agitada sequência de encontros internos realizada pela cúpula da Natura nesta semana, após o fechamento da compra da rival por 2 bilhões de dólares, no dia 3 de janeiro.

Na segunda, os fundadores — o trio de empresários Luiz Seabra, Guilherme Leal e Pedro Passos – além dos principais executivos da Natura, como Roberto Marques, presidente da Natura & Co e João Paulo Ferreira, presidente da Natura & Co na América Latina, foram ao berço da Avon, em Suffern, Nova York, onde visitaram o histórico laboratório fundado em 1897 pela companhia. Na terça e na quarta, a comitiva esteve em Londres, no escritório da Avon, e também na nova sede da The Body Shop, rede de lojas britânica que os brasileiros arremataram em 2017 da francesa L’Oréal.

Trata-se de uma liturgia tradicional em processos de fusões e aquisições, em que os times de cada parte envolvida se apresentam. Em seguida, grupos de trabalho aceleram as atividades para que as empresas passem a operar como uma única. No caso da Avon, o desafio se divide em duas enormes frentes principais, que terão de ser tocadas simultaneamente.

A primeira delas será capitaneada por Angela. Veterana com mais de 20 anos de experiência na Avon, ela já ocupou vários cargos na companhia. Mais recentemente, era vice-presidente do grupo e gerente geral da Europa Central, responsável por 18 países. Agora vai supervisionar o andamento de uma difícil virada nos negócios com vendas e lucro em queda em cerca de 100 países (excluindo Estados Unidos, que não fez parte da venda para a Natura). Com as operações combinadas, a Natura terá 6,3 milhões de consultoras e mais de 3 500 lojas ao redor do mundo, operando em 100 países e atingindo mais de 200 milhões de consumidores.

Fonte: Exame

Deixe seu comentário:

Postagem Anterior Próxima Postagem

Recomende e compartilhe para seus amigos no facebook