Apple fará desdobramento de ações no fim de agosto 

Loja da Apple em Pequim: desdobramento de ações no fim de agosto. (Thomas Peter/ Reuters)

  • No Dow Jones, pontuação da Apple será distribuída entre as 29 outras ações que formam o índice
  • S&P 500 representa a soma do valor das empresas que compõem o índice
  • Com desdobramento de ações, Apple terá menos influência no Dow Jones e não moverá um ponteiro sequer no S&P
(Allan Sloan, Bloomberg) – Não resisto a dar outra mordida na Apple. Ou melhor, outra mordidela no desdobramento de 4 por 1 da Apple que entra em vigor no final deste mês.


 Na semana passada, eu falei sobre a divisão em si. Agora, gostaria de mostrar como os aspectos da divisão explicam por que o Dow é um indicador popular sobre o qual todos falam, mas ninguém investe, e o S&P 500 é o oposto.


A média industrial da Dow Jones tem grande participação: quando alguém me pergunta como está o mercado, geralmente respondo citando a Dow. Mas o índice Standard & Poor’s 500 tem mais de 150 vezes mais dólares que o Dow – US$ 4,59 trilhões em comparação com US$ 28 bilhões, de acordo com os índices da S&P Dow Jones.


Então, vamos nos divertir com os números e ver o que a divisão de ações da Apple nos diz sobre as diferenças entre a média industrial da Dow Jones e o índice Standard & Poor’s 500 como indicadores de mercado. E tentarei explicar por que isso importa não apenas para os viciados em mercado, mas para nós, investidores médios de varejo.

Aqui vai.


Apple vai diminuir sua influência no índice Dow Jones

A Apple é uma das 30 ações da S&P e da Dow. Sua próxima divisão não fará diferença em sua influência no S&P – mas diminuirá bastante sua influência na Dow e, ao mesmo tempo, aumentará a influência das outras 29 ações da Dow.


“É de natureza semelhante a lucrar com três quartos dos lucros da Apple, realocando-os para as outras 29 edições e mantendo um quarto das ações da Apple que você possui”, diz Howard Silverblatt, analista de índice sênior da S&P Dow Jones Indices.


Aqui estão os números. Em 31 de julho, a Apple respondia por 3.271 dos 26.428 pontos da Dow. Se a divisão tivesse sido concluída naquele dia, representaria apenas 788 pontos, mas a Dow continuaria a mesma. A perda de quase 2.500 pontos da Apple teria sido dividida entre as outras 29 ações da Dow.


Isso faz algum sentido para você? Não no mundo real. Mas é assim que as coisas funcionam na Dow World – embora não na S&P World.


S&P é soma, Dow Jones é média

A chave para entender essa distinção – e a diferença que ela faz para você como investidor – é a palavra “média” na Dow e “índice” na S&P 500.


As pessoas costumam chamar o Dow de índice, mas na verdade é uma média com base nos preços das ações de 30 empresas. O S&P é um índice, baseado no valor total do mercado de ações das empresas.


O Dow, criado em 1896, foi calculado somando os preços de todas as suas ações (inicialmente 12, agora 30) e dividindo essa soma pelo número de ações.


O S&P, iniciado em 1957 com 500 ações, é um animal totalmente diferente. Baseia-se no valor de mercado de seus componentes sem levar em consideração o preço de suas ações.


A Apple, que foi aberta em 1980, foi adicionada à S&P em 1982, mas não se tornou uma ação da Dow até 2015.


Ações caras fizeram a Apple demorar a entrar no Dow Jones

Por que demorou tanto tempo para que uma das ações mais importantes de nosso tempo – apesar de seus soluços ocasionais – se torne parte do indicador mais conhecido do mercado?


É porque o preço das ações da Apple ficou muito alto. Como o Dow é calculado usando os preços das ações, o comitê de seleção prefere não ter ações cujos preços muito altos ou muito baixos estão fora de sincronia com os outros problemas da Dow.


Quando a Apple começou a jorrar dinheiro, seu preço das ações subiu a ponto de ser alto demais para ser adicionado à Dow. Mas em 2014, a Apple dividiu seu estoque em 7 por 1.

Quando a Dow adicionou a Apple em 2015, suas ações estavam sendo vendidas por cerca de US$ 120, o que se enquadra na faixa de preço das 29 outras ações.


Sem o desdobramento, ação da Apple valeria US$ 850 em 2015

Na ausência do desdobramento de 7 por 1, a Apple estaria vendendo a US$ 850 por ação. E não há como o comitê de seleção da Dow ter acrescentado a Apple à média, porque ela teria muito mais peso do que qualquer uma das 29 outras ações.


Assim como não há nenhuma chance do comitê adicionar a Amazon (cerca de US$ 3.100 por ação quando eu olhei pela última vez) ou à Alphabet, dona do Google (US$ 1.475), à Dow agora.


Permitam-me oferecer-lhe alguns números dramáticos envolvendo a iminente divisão de ações da Apple que mostram por que há toneladas de dinheiro dos investidores atrelados ao desempenho da S&P, mas praticamente nenhum ao da Dow.


Depois que a divisão de ações da Apple estiver concluída, ela terá cerca de 17,3 bilhões de ações em circulação. Outro componente da Dow, a Travelers, tem cerca de 250 milhões de ações em circulação.


Isso significa que cada variação de US$ 1 no preço das ações da Apple se traduziria em uma mudança de valor quase 70 vezes maior que uma mudança de dólar no preço da Travelers.


Em um fundo de índice da S&P, uma variação de US$ 1 da Apple contaria quase 70 vezes mais que uma variação de US$ 1 na Travelers. Mas, em um fundo vinculado à Dow – observe que não estou dizendo “indexado à Dow” – uma variação de US$ 1 em qualquer um dos preços das ações contaria o mesmo.


Eu não sei sobre você, mas eu não colocaria um centavo em um fundo que funcionasse dessa maneira, enquanto me sinto à vontade em colocar dinheiro em um fundo de índice S&P de baixo custo, que é o meu maior investimento. (O segundo maior é um fundo de índice de mercado de ações de baixo custo total.)


Portanto, meu conselho para você, com base em tudo o que eu contei sobre a próxima divisão da Apple, é que é bom se divertir assistindo ao Dow e falando sobre seus grandes pontos positivos. Mas o S&P 500, por mais chato que seja, é o indicador que realmente importa.

Fonte: einvestidor

Deixe seu comentário:

Postagem Anterior Próxima Postagem

Recomende e compartilhe para seus amigos no facebook